A paixão inesperada

Reads: 64  | Likes: 0  | Shelves: 0  | Comments: 0

More Details
Status: In Progress  |  Genre: Romance  |  House: Booksie Classic

Submitted: April 30, 2017

A A A | A A A

Submitted: April 30, 2017

A A A

A A A


-Estou apaixonada- foi palavra soltada de repente, uma surpresa nos meus tímpanos, finge não ter acatado, no silêncio fiquei, continuei com a conversa normalmente. Pois ela era uma amiga de longa data, não esperava ouvir aquele tipo de falácia patentear da sua boca. “Ela quer inutilizar a nossa amizade com essa paixão inesperada” foi a primeiro iminente que tive naquele momento. Chu chu chu um barulho muito baixo soava o banco que tínhamos nele sentado, era ela se aproximando aos poucos da minha pessoa, sobrepôs a sua suave mão da minha, aí o meu coração aumentou a pulsação cardíaca, linda ela era, não resisti a tentação, rolou o primeiro beijo, aquele beijo fraco, ela tinha medo. Pois não sabia qual seria a minha reação, - te amo- ela disse, na aquele momento fiquei sem palavras. – eu sei- foram as minhas palavras. Depois apaixonei me também, já o namoro era sério, ela pregou no meu coração uma paixão que já mais tinha sentido, namoro bonito nos tínhamos, ate já eram feitos os planos para o futuro, apresentei ela ao meu pai e aos meu amigos, era beijo de um lado para outro, eu estava muito feliz que nada poderia deturpar a minha felicidade. Uma semana depois o silêncio invadiu no namoro novo, já não havia aquele tanta dinâmica de dois apaixonados, ela tinha viajado e a saudade bateu a porta no meu coração, parecia que já mais ela voltava. Ela fez uma nova amizade lá onde estava com um outro, mas isso não me tocava. Eu amava muito ela e ela também aparentava o mesmo. Os meu olhos não ficavam nem um minuto se quer sem olhar na tela do celular a espera de sinal dela, mas a tela nunca apresentava algum sinal, fiquei abatido a saudade já me magoava. De repente “trim, trim, trim” tocou o meu celular, meu coração palpitou duas vezes consecutivos, dei uma olhada era a mensagem da vodacom a operadora da rede, continuei a espera durante o dia todo, ao a anoitecer. Os meus tímpanos escutaram novamente aquele som de celular, era ela mandando uma mensagem “oi mor volto amanha te amo” é o que estava escrito na mensagem. Fiquei feliz na aquele momento. Ela voltou, veio na minha casa, quando levantei minha cabeça e me deparei com seu olhar, fui em direção dela e ela veio correndo para os meus braços, me deu um abraço bem apertado e beijo gostoso dela ao ar livre, todos assistiam o nosso filme de romance. -Tchau – uma palavra ela deixo fluir de repente, os meu batimentos cardíacos bateram duas vezes mais rápidos por ouvir a aquela palavra. Pois tinha medo de à perder. Ela disse que os pais querem que ela estude fora do país, eu tive que entender obrigatoriamente. Passei minha mão no meu rosto e percebi que estava escorrendo um líquido dos meus olhos, ela me deu o ultimo beijo -te amo- foi a sua ultima palavra, me deu as costas e foi. paralítico fiquei na aquele momento e os passos soáveis dela desapareceram da minha vista. De repente uma mão tocava no meu obro era meu irmão. – deixe pra lá – disse o meu irmão. Voltei ao mesmo cenário, fiquei a espera de um sinal e passaram dias e o celular não apresentava nada sobre ela. Passei dias na solidão, depois me acostumei já não tinha aquela saudade que magoo-me nos primeiros dias. “ trim trim trim” uma mensagem no meu celular, era ela. “oi mor tudo bem” era a frase que estava escrito na mensagem. Dai começamos a trocar mensagem e tivemos um namoro a distância. Depois de dois meses de namoro a distancia. No domingo eu na igreja, percebi que a tela do meu celular dava um brilho, era ela. “ oi tenho algo para contar te” dizia a mensagem. “ o que é” respondi com a aquele medo de ela me dizer acabou. Mas disse algo melhor. “ estou apaixonada por outro homem” ela escreveu na mensagem, e eu fiquei sem palavras, “ entendo” foi a palavra que me tinha restado. Tive que ceder um espaço para outro alvo dela, e foi a decadência da nossa amizade. Antes disso tudo eu tinha descoberto que era o jogo dela aquele, facilmente se apaixonava por seu amigos.


© Copyright 2017 castle Malandzele. All rights reserved.

Add Your Comments:

More Romance Short Stories

Booksie 2017-2018 Short Story Contest

Booksie Popular Content

Other Content by castle Malandzele

O filho criado por dois pais

Book / Literary Fiction

A paixão inesperada

Short Story / Romance

Popular Tags